Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

IGP suspende encaminhamento de carteiras de identidade em Porto Alegre até 1º de março

Em razão da bandeira preta, remarcação apenas para emergências poderá ser feita a partir das 20h de segunda-feira (22)

Publicação:

Duas mãos com luvas cirúrgicas brancas seguram o dedo indicador de uma terceira mão, sem luva, sobre o leitor de digitais de um aparelho eletrônico.
Apenas cidadãos com necessidades como retirada de medicamento em farmácia ou saque do auxílio emergencial devem busca remarcação - Foto: Divulgação/IGP

O atendimento para encaminhamento de carteiras de identidade está suspenso entre os dias 22 de fevereiro e 1º de março de 2021 no Departamento de Identificação em Porto Alegre (Av. Azenha, 255). Quem tinha horário marcado para estes dias terá o agendamento cancelado automaticamente. A medida é necessária para adequar o Posto aos protocolos exigidos pela bandeira preta do modelo de Distanciamento Controlado, previsto em decreto do governado do Estado.

O agendamento eletrônico pelos sites www.igp.rs.gov.br e www.rs.gov.br será reaberto na segunda-feira (22/2), a partir das 20 horas, já com as limitações previstas pela bandeira preta, como a redução da quantidade de estações de trabalho e o aumento do tempo entre os atendimentos. Dessa forma, o número de horários disponíveis será menor e destinado apenas para casos de urgência.

A diretora do Departamento de Identificação do IGP, Katia Reolon Bittencourt, apela para que apenas os casos emergenciais procurem a remarcação. “É um dever reduzir o número de pessoas ao mesmo tempo no ambiente durante o atendimento e aumentar o tempo entre um atendimento e outro, para que possamos higienizar os equipamentos com mais frequência. Faremos todo o esforço para atender os casos emergenciais, mas para isso precisamos contar que a população só faça o agendamento eletrônico se o caso for realmente urgente”.

São considerados casos emergenciais:

• Retirar medicamentos em farmácias
• Viagens agendadas com urgência
• Cirurgias de urgência
• Retirada de auxílio emergencial
• Financiamento imobiliário
• Casos em que todos os documentos tenham sido furtados ou roubados
• Admissão em emprego

Texto: Angélica Coronel/IGP
Edição: Carlos Ismael Moreira/SSP

Secretaria da Segurança Pública