Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Carteira de Identidade tem atendimento ampliado na Capital

Mais casos estão sendo considerados urgentes. IGP apela para que pessoas agendadas compareçam

Publicação:

Imagem mostra a tela de um monitor de computador, à esquerda, com imagens de digitais. À direita, ao lado do computador, um homem sentado, usando máscara contra o coronavírus, tem a digital da mão esquerda coletada em um equipamento leitor.
Número de situações permitidas aumentou, mas cidadãos ainda devem agendar atendimento por telefone ou WhatsApp - Foto: Divulgação/IGP

O Departamento de Identificação do Instituto-Geral de Perícias (IGP), em Porto Alegre, ampliou o tipo de atendimento considerado urgente para o encaminhamento das carteiras de identidade. Agora, quem precisa do documento para atendimento em agências bancárias (por exemplo, para financiamento da casa própria), inscrição em concursos e vagas de emprego também terá prioridade.

O volume de atendimentos também foi ampliado, com a readequação dos turnos de trabalho. Com isso, o número de encaminhamentos passou de 210 para 240 pessoas por dia - aumento de 14%. Para garantir prioridade aos casos urgentes, é preciso fazer o agendamento pelo telefone (51 3223-6122) e Whatsapp (51 - 9841-78646) – o atendimento por ordem de chegada foi suspenso no início da pandemia. Em agosto, foram recebidos 12.684 contatos e realizados 4.080 agendamentos. A marcação é sempre feita de um dia para o outro, para evitar as faltas.

“Ainda assim, em até 15% dos casos, as pessoas agendam e não comparecem. Prejudicando quem realmente precisa do atendimento ”, afirma Katia Reolon Bittencourt, diretora do Departamento de Identificação. A Diretora também orienta quem tem agendamento a chegar ao Posto 10 minutos antes do horário marcado. “Muitos chegam com duas ou três horas de antecedência, na expectativa de antecipar o atendimento. Isso provoca aglomerações”, explica.

Solicitação on-line

O serviço de Solicitação on-line da carteira de identidade – lançado para evitar que o cidadão se desloque duas vezes ao Posto de Identificação – agora permite a solicitação de isenção da taxa, de R$ 71, para quem teve o documento roubado. Para isso, o cidadão necessita da ocorrência de roubo e deve preencher o formulário de encaminhamento da 2º via on-line colocando o número da ocorrência, o ano e o órgão de registro.

A retirada, presencial e com biometria, pode ser feita em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Osório, Gramado ou Venâncio Aires. Os requisitos são: que a 2ª via anterior tenha sido emitida nos últimos cinco anos, ter mais de 18 anos e não ter havido mudança nos dados cadastrais, como divórcio, separação ou casamento. Lançada em 25 de junho, já foram entregues mais de 1,7 mil documentos nesta modalidade.

Desde o início da pandemia, com o fechamento das Centrais do Tudo Fácil, o encaminhamento das carteiras de identidade em Porto Alegre está concentrado no DI (Avenida Azenha, 255). O atendimento está adaptado ao decreto do Modelo de Distanciamento Controlado, que prevê tetos diferentes de ocupação de acordo com a cor da bandeira. O uso de máscaras é obrigatório, e a higienização das estações de trabalho é feita após cada atendimento.

00:00:00/00:00:00

Carteira de identidade tem atendimento ampliado na Capital

Departamento de Identificação do IGP na Capital ampliou as situações consideradas urgentes e que permitem agendar o atendimento para confecção do RG mesmo durante a redução de fluxo em razão da pandemia da Covid-19. Crédito: IGP RS



Texto: Ascom IGP
Edição: Ascom SSP

Secretaria da Segurança Pública