Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Polícia Civil forma 249 novos agentes

Concluindo a última das sete etapas do certame, 125 escrivães e 124 inspetores foram nomeados no mesmo dia pelo governador do RS

Publicação:

A Polícia Civil (PC) passou a contar com 249 novos servidores, formados pela 55ª turma de inspetores e a 56ª turma de escrivães no Rio Grande do Sul e nomeados no mesmo ato. A solenidade, realizada nesta quinta-feira (12/5), ocorreu no auditório do prédio 41 da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. O governador Ranolfo Vieira Júnior e o secretário da Segurança Pública Vanius Cesar Santarosa participaram do evento. 

Na foto, formandos da PC, sentados no auditório da PUC.
Foram 825 horas/aula, entre disciplinas teóricas e práticas

A Polícia Civil (PC) passou a contar com 249 novos servidores, formados pela 55ª turma de inspetores e a 56ª turma de escrivães no Rio Grande do Sul e nomeados no mesmo ato. A solenidade, realizada nesta quinta-feira (12/5), ocorreu no auditório do prédio 41 da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. O governador Ranolfo Vieira Júnior e o secretário da Segurança Pública Vanius Cesar Santarosa participaram do evento.

Os novos servidores, 125 escrivães e 124 inspetores, são originários de 17 estados brasileiros – Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rondônia, Bahia, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Amazonas, Pará, Espírito Santo, Distrito Federal, Piauí, Goiás, Ceará e Minas Gerais - e com idades que variam entre 24 e 51 anos.

Promovido pela Academia de Polícia Civil (Acadepol), o curso de formação iniciou novembro do ano passado. Foram 825 horas/aula, entre disciplinas teóricas e práticas, que desenvolveram e aprimoraram as competências necessárias aos cargos, especialmente nas áreas de investigação criminal, elaboração do inquérito policial, utilização de novas tecnologias, estágio profissional, técnicas de operações policiais e tiro.

A Polícia Civil (PC) passou a contar com 249 novos servidores, formados pela 55ª turma de inspetores e a 56ª turma de escrivães no Rio Grande do Sul e nomeados no mesmo ato. A solenidade, realizada nesta quinta-feira (12/5), ocorreu no auditório do prédio 41 da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. O governador Ranolfo Vieira Júnior e o secretário da Segurança Pública Vanius Cesar Santarosa participaram do evento. 

Na foto, formanda cumprimenta o secretario da Segurança Pública, Vanius Cesar Santarosa e ao seu lado está o Governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior.
Os novos servidores, 125 escrivães e 124 inspetores, são originários de 17 estados brasileiros

O governador do Estado, delegado Ranolfo Vieira Júnior, foi escolhido patrono da turma. Em seu discurso destacou a importância do trabalho da PC para o Estado. "Somente vocês e seus familiares sabem o que representa este momento. Celebrem pois esta é a concretização daquilo que vocês vêm buscando desde 2017. Ser policial é sinônimo de dedicação e de abnegação. Ser policial é uma dedicação em tempo integral e hoje, vocês estão ingressando na melhor Polícia Civil do país", enfatizou o governador.

O secretário da Segurança Pública, coronel Vanius Cesar Santarosa, discorreu sobre a responsabilidade que os novos servidores terão em suas unidades de trabalho. “Esse momento é para festejar a trajetória durante as etapas do concurso e do curso de formação. Vocês irão reforçar a equipe das delegacias dos 497 municípios do Estado. É o comprometimento de vocês que irá fazer a diferença na segurança pública da comunidade local e do Rio Grande do Sul”, falou o secretário.

O chefe de Polícia, delegado Fábio Motta Lopes, paraninfo das turmas de formandos, frisou a importância dos ensinamentos adquiridos na Acadepol e parabenizou os formandos. "Foram mais de 44 mil inscritos, mas vocês chegaram até aqui. Parabéns pelo empenho e pela dedicação. Apliquem os ensinamentos adquiridos durante o curso de formação, esse conhecimento irá auxiliá-los nas práticas de polícia judiciária. Desfrutem também, do saber dos policiais mais antigos”, disse o delegado.

A Polícia Civil (PC) passou a contar com 249 novos servidores, formados pela 55ª turma de inspetores e a 56ª turma de escrivães no Rio Grande do Sul e nomeados no mesmo ato. A solenidade, realizada nesta quinta-feira (12/5), ocorreu no auditório do prédio 41 da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. 
Na foto, o governador Ranolfo Vieira Júnior e o secretário da Segurança Pública Vanius Cesar Santarosa, chefe da Polícia Civil, delegado Fábio Motta Lopes e a a diretora-geral da Academia de Polícia Civil (Acadepol), delegada Elisangela Melo Reghelin.

Em saudação aos formandos, a diretora-geral da Academia de Polícia Civil (Acadepol), delegada Elisangela Melo Reghelin, realçou o empenho do Estado para realizar reposição do efetivo, mesmo em meio a pandemia. “Hoje, com os senhores, completamos a entrega de 1.200 formados pela Acadepol, prontos para servir e proteger a sociedade gaúcha. O governo do Estado, mesmo com a pandemia, manteve o planejamento do calendário de chamamento dos servidores da Polícia Civil. A medida foi essencial para que os indicadores criminais sigam em curva descendente”, discursou a delegada.

A oradora, aluna escrivã Simone Santos, destacou a importância da formação no crescimento pessoal. "Estar aqui hoje, é a coroação do que buscamos por muito tempo. Depois de um período de muito estudo e distância de quem amamos, estreitamos os laços com nossos colegas e aprendemos muito com nossos professores. Com certeza sairemos melhores do que entramos”, disse a formanda. O também orador, aluno inspetor Lucas Mach, em seu discurso realçou a diversidades das turma, que contaram com alunos de 17 Estados e a importância dos familiares. “Foi inspirador receber o apoio dos colegas em situações diversas. Somos mais que policiais civis, somos irmãos. Longe de casa, tivemos a oportunidade de conviver com a diversidade advinda das diferentes naturalidades do corpo discente. E mesmo longe, as pessoas que amamos foram o alicerce para nos mantermos firmes em nosso propósito de servir e proteger", declarou Lucas.

Na foto aparecem Secretário da Segurança Pública, coronel Vanius Cesar Santarosa  e o governador do RS, Ranolfo Vieira Júnior, sentados na formatura dos 247 agentes da PC em solenidade na Puc.
Secretário da Segurança Pública, coronel Vanius Cesar Santarosa e o governador do RS, Ranolfo Vieira Júnior - Foto: Grégori Bertó/SSP

Pela primeira vez duas mulheres são as primeiras colocadas de cada cargo juntas. No cargo de inspetor de polícia, Rafaela Heckler Lenz foi a primeira colocada. No cargo de escrivão, Michele Angelita Schutz do Nascimento teve a nota mais alta dentre seus colegas. Pelo desempenho no curso, as agentes ganharam  pistolas da Taurus e um ano de mensalidades pagas em um clube de tiro.

Essa é a quarta chamada dos classificados no concurso público para agente de polícia, que iniciou em fevereiro de 2018. O ingresso desses novos servidores na Polícia Civil dá continuidade ao cronograma de chamamento apresentado pelo governo estadual a fim de assegurar a reposição planejada de efetivo nas instituições de Segurança Pública, no escopo do Programa RS Seguro.

Após a assinatura do ato de nomeação dos 249 novos agentes da Polícia Civil, os 125 escrivães e 124 inspetores foram convocados pela chefia de polícia  para comparecer amanhã (13/5), no Palácio da Polícia para o ato de posse.

Na foto, formandos da PC, sentados no auditório na solenidade de formatura de agentes da PC na Puc.
Essa é a quarta chamada dos classificados no concurso público para agente de polícia, que iniciou em fevereiro de 2018 - Foto: Grégori Bertó/SSP

 

Texto: Kelly Motter/SSP

Revisão: Lurdinha Matos/SSP

 

Secretaria da Segurança Pública