Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

SSP realiza reunião com consulados para ajustes da Copa América

Publicação:

Diplomatas foram recebidos para definir ajustes no planejamento operacional
Diplomatas foram recebidos para definir ajustes no planejamento operacional - Foto: Rodrigo Ziebell/SSP
Por Lurdinha Matos/SSP

Faltando 15 dias para o início dos jogos da Copa América, o planejamento operacional recebe seus últimos ajustes. Pensando na estadia dos torcedores estrangeiros no país, o delegado Leonel Carivali, coordenador operacional do Estado para a competição, e o secretário de Esportes e Lazer, João Derly, representante do Estado na competição, receberam cônsules e representantes de consulados de algumas das seleções que atuarão na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, na Copa América 2019. A reunião teve como objetivo conhecer as principais dúvidas, sugestões e informações que os turistas dos países vizinhos ao Brasil e convidados especiais para a competição trarão ao Estado.

A consulesa-geral do Uruguai, Liliana Buonomo, enfatizou que o desejo do consulado é de que o planejamento seja bem executado para que seus compatriotas possam assistir aos jogos do Uruguai com tranquilidade. “Acredito que não teremos problemas de segurança, mas gostaríamos de informações mais aprofundadas sobre serviços, principalmente sobre saúde para atendimento de emergências”.

A Prefeitura de Porto Alegre elaborou uma cartilha detalhada, onde consta um link com o georreferenciamento dos locais mais importantes para os turistas que visitarão o município. O serviço ainda está em fase de finalização, mas já está no ar com informações básicas sobre postos policiais e de saúde na cidade, bem como pontos turísticos da Capital. A expectativa é ainda colocar mais informações pertinentes, como restaurantes.

O cônsul do Japão no RS, Takashi Kondo, ofereceu ao Estado quatro servidores, entre eles um médico, preparados para auxiliar as forças de segurança locais para atender os turistas japoneses que vierem acompanhar o jogo entre Uruguai e Japão, que ocorre em 20 de junho. “Gostaria de trazê-los aqui para conhecer tanto o Escritório da Copa América, como também a Arena do Grêmio, pois eles vêm de outros Estados e seria importante se ambientarem em Porto Alegre”, enfatizou.

O cônsul-adjunto do Peru em São Paulo, que atualmente responde pelo consulado do país na capital gaúcha, Raúl Meneses Bendezú, informou que na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, cerca de 25 mil peruanos foram para o continente europeu acompanhar a competição. Pela proximidade do país com o Brasil, a expectativa do diplomata é de que um número semelhante de torcedores venha ao país, além dos cerca de 50 mil peruanos que residem em território brasileiro. “Nossa maior preocupação, no entanto, é estudar com os senhores a possibilidade de disponibilizar um  espaço para que os torcedores peruanos possam se concentrar e ir a pé até o estádio, pois essa é uma característica muito forte da torcida peruana. Na Rússia, tivemos muitas dificuldades com as autoridades locais para realizar esse pré-jogo”, complementou.

O cônsul do Chile, Mario Arriagada, abordou a questão das fronteiras com o país. Apesar de o Chile não ter previsão de atuar em Porto Alegre, a expectativa do diplomata é de que muitos torcedores ingressem no país por Uruguaiana. Alguns deles poderão ingressar de carro ou carona, e a preocupação do cônsul se relaciona aos números das autoridades competentes para qualquer emergência nas estradas. “Os motoristas de ônibus conhecem todos os trajetos, mas para quem vem de carro pode ocorrer algum contratempo e queremos passar orientações completas. No mais, parabenizo o planejamento local para a competição”.

Os representantes do Estado e do município deram encaminhamento às demandas dos cônsules e ofereceram todo o suporte local para atender qualquer questionamento futuro. “Tudo que não pudemos encaminhar aqui, eu levarei ao Comitê Organizador Local (COL) para dar andamento às demandas dos senhores”, finalizou Carivali.

A reunião teve ainda a participação da consulesa do Paraguai, Nancy Cañete Quevedo; o cônsul-geral da Argentina em Porto Alegre, Jorge Perren; o representante da Agência Brasileira de Inteligência, Sérgio Malta; representantes do corpo técnico da Secretaria da Segurança Pública; o diretor de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Borella e representantes da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Secretaria da Segurança Pública