Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Polícia Civil ganha reforço de 20 veículos semiblindados para Porto Alegre e Região Metropolitana

Publicação:

Viaturas dispostas em frente do Palácio Piratini, uma ao lado da outra. Na foto, cinco do total de vinte viaturas estão visíveis. O dia está ensolarado e a luz reflete na carroceria dos veículos que estão limpíssimos.
Investimento total nos veículos semiblindados, do modelo Hilux Toyota, é de R$ 4.090.000 - Foto: Grégori Bertó/SSP

O enfrentamento à criminalidade na capital e Região Metropolitana ganhou mais um reforço importante nesta sexta-feira (30/4). A Polícia Civil (PC) recebeu 20 viaturas zero quilômetro semiblindadas para ampliar a proteção dos agentes nas rotinas de policiamento e operações. O ato de entrega foi conduzido pelo governador Eduardo Leite e pelo vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, em frente ao Palácio Piratini.

O investimento total nos veículos semiblindados, do modelo Hilux Toyota, é de R$ 4.090.000, com recursos de transferência do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) para o Fundo Especial da Segurança Pública (Fesp) do Rio Grande do Sul.

“Essa entrega é mais uma demonstração do esforço do nosso governo e da Secretaria da Segurança Pública (SSP) em reduzir os índices da criminalidade no nosso Estado. Nosso trabalho é dar estrutura para que isso sempre avance e que o Rio Grande do Sul não deixe de observar a redução dos indicadores. Essa frota de veículos blindados oferecidos à nossa Polícia Civil servirá para proteger quem faz a segurança pública. O investimento é na estrutura, é nas viaturas, em equipamentos e, claro, nos recursos humanos, afinal, segurança pública se opera na ponta, com efetivo, com as polícias nas ruas”, destacou o governador Eduardo Leite.

Governador Eduardo leite, dentro da viatura, sentado no assento do motorista com a porta aberta, enquanto o vice-governador, Delegado Ranolfo conversa com ele gesticulando, da parte de fora do veículo.
Por determinação do governo, a semiblindagem tornou-se padrão em todas as compras públicas para o setor - Foto: Rodrigo Ziebell/GVG

A tecnologia de blindagem utiliza na carroceria das camionetas mantas com nove camadas do tecido de fibra de aramida, mais leve que o aço e com capacidade de resistência quatro vezes maior. A proteção instalada é do nível III-A, que suporta disparos de todos os tipos de arma de mão, como pistola .40 e 9 mm.

O sistema de aplicação utiliza somente peças inteiras de manta, moldadas exatamente de acordo com a área a ser coberta. O mesmo é feito nas partes que recebem reforço em aço, com peças estampadas no formato idêntico ao do desenho de projeto das montadoras, o que facilita a instalação e qualifica o nível de proteção ao eliminar a necessidade de emendas.

Nos vidros, a blindagem é composta pela sobreposição de materiais para assegurar a resistência balística padrão: são três camadas de vidro, intercaladas com uma de aço, duas de película plástica PVB (polivinilbutiral), além de selante de poliuretano (PU) e uma última de plástico policarbonato. Para cada uma das unidades adaptadas, é emitido um certificado de blindagem junto ao Exército, vinculado ao chassi do carro, garantindo a rastreabilidade do material de uso restrito.

“É um momento importante para a segurança pública do nosso Estado. Dessa vez, é a Polícia Civil que recebe as viaturas para utilização no trabalho diário. Essas viaturas estão indo para Porto Alegre e dez municípios da Região Metropolitana. Estamos no processo de aquisição de mais viaturas iguais, que devem ser entregues nos próximos dias à Brigada Militar (BM) e à Polícia Civil. Estamos reconhecendo o trabalho dos nossos operadores da segurança pública e tudo o que têm feito em prol da sociedade gaúcha”, detalhou o vice-governador Ranolfo.

Em frente ao Palácio Piratini, Vice-governador Ranolfo e chefe da Polícia Civil, Nadine, caminham em entre as novas viaturas enquanto conversam.
O Vice-governador e a chefe da Polícia Civil, Nadine Anflor, participaram da entrega dos veículos à corporação - Foto: Rodrigo Ziebell/GVG

Para assegurar a qualidade da proteção, representantes da Polícia Civil e da Brigada Militar verificaram de perto todo o processo de adaptação dos veículos. Em setembro de 2020, uma comitiva das forças de segurança gaúchas visitou em São Paulo as fábricas dos componentes e a empresa responsável pela instalação da blindagem. Os profissionais acompanharam um rigoroso teste de resistência a disparos, realizado em um laboratório especificamente preparado para atender aos critérios estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

“Isso traz uma valorização para nossos servidores e também, lá na ponta, maior segurança para a população. Essas viaturas estarão 24 horas à disposição da população em Porto Alegre e nos municípios da Região Metropolitana dentro do programa RS Seguro”, assegurou a chefe da Polícia Civil, Nadine Anflor.

Este é o segundo lote de viaturas com proteção balística entregue à Polícia Civil. No início de janeiro deste ano, a instituição já havia incorporado à frota, em municípios do interior, 45 viaturas semiblindadas do modelo Duster, resultado da aplicação de R$ 6.190.614,45 de emenda da bancada federal gaúcha com contrapartida do Estado.

A aquisição dá continuidade à mudança de paradigma implantada pelo Programa RS Seguro, por meio do investimento qualificado em veículos com capacidade de evitar a transfixação por disparos e destinados ao uso no dia a dia dos policiais da linha de frente. Por determinação do governo, a tecnologia que aprimora o suporte de proteção aos agentes tornou-se padrão em todas as compras públicas para o setor.

Foto captada de dentro do Palácio Piratini, em um ângulo de cima, provavelmente no segundo andar do prédio. Mostra as viaturas enfileiradas, uma ao lado da outra em frente do Palácio, com algumas pessoas em volta conversando e captando imagens.
Para cada uma das unidades adaptadas, é emitido um certificado de blindagem junto ao Exército - Foto: Grégori Bertó/SSP

No final de janeiro, o governo ainda destinou 53 Hilux semiblindadas à Briga Militar, com investimento de R$ 10.838.500, também a partir de transferência do FNSP ao Fesp. Para os próximos meses, a Secretaria da Segurança Pública ainda entregará à BM outras 103 Dusters com proteção balística, a partir de recursos de emenda de bancada federal, no valor de R$ 14.172.966,55 (sendo R$ 12.741.290,55 do repasse da União e R$ 1.431.676,00 de contrapartida financeira do RS). Com isso, o total investido em veículos novos e com melhor proteção aos servidores da Segurança Pública chegará a R$ 35,2 milhões.

DESTINAÇÃO DAS VIATURAS

Alvorada – 1
Cachoeirinha – 1
Canoas – 1
Esteio – 1
Gravataí – 1
Guaíba – 1
Novo Hamburgo – 1
Porto Alegre – 10
São Leopoldo – 1
Sapucaia do Sul – 1
Viamão – 1

Texto: Carlos Ismael Moreira/Ascom SSP
Edição: Secom

00:00:00/00:00:00

Entrega de 20 viaturas semiblindadas à Polícia Civil

Canal oficial da Secretaria da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul. INSCREVA-SE e saiba em primeira mão as novidades sobre as forças de segurança gaúchas. Acesse também as páginas no Twitter e Instagram (@ssp_rs), no Facebook (SegurancaPub Crédito: SSP RS

Secretaria da Segurança Pública