Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Leilão virtual do DetranRS oferta 302 veículos e sucatas

Publicação:

A visitação acontece nos quatro dias úteis que antecedem o leilão
A visitação acontece nos quatro dias úteis que antecedem o leilão - Foto: Divulgação DetranRS

O DetranRS promove, nesta quarta-feira (23), mais um leilão de veículos e sucatas. O evento será realizado às 10h, diretamente no site do leiloeiro designado www.leilaobutia.com.br Serão ofertados 302 veículos e sucatas que estão em Centros de Remoção e Depósito (CRDs) de Encantado, Arvorezinha, Lajeado, Guaporé, Cruzeiro do Sul, Arroio do Meio e Nova Bassano.   

O público em geral pode arrematar 137 veículos com documentação (aptos para voltar à circulação), sem restrições policiais ou judiciais, desvinculados de qualquer pendência legal ou financeira. Dentre os disponíveis, uma VW Saveiro 2010 a partir de R$2.600 e um Citroen Xsara Picasso 2003/2004 com lance mínimo de R$ 1.300. A autarquia recomenda aos interessados que agendem a visitação nos CRDs para verificar os bens pessoalmente antes de efetuarem os lances. Os Centros de Desmanche de Veículos (CDVs) credenciados ao DetranRS podem adquirir 165 itens para comércio das peças ou reciclagem.   

Para conhecer e examinar os bens, os interessados podem entrar em contato com os CRDs por meio dos telefones informados no item três do 0034/2022 A visitação acontece nos quatro dias úteis que antecedem o leilão, das 09 às 17h, com agendamento prévio diretamente nos depósitos em que se encontrarem os bens.   

Leilão virtual   

A forma de realização é bem parecida com a presencial. O leiloeiro, em vídeo ao vivo, apresenta os lotes e os arrematantes enviam seus lances on-line. Será considerado vencedor o licitante que tiver feito a maior oferta aceita, não sendo considerados válidos quaisquer lances enviados após o encerramento do apregoamento do lote.   

Também haverá a opção de realização do pré-lance on-line, em que o interessado poderá dar lances prévios, ou seja, antes da abertura do leilão virtual. Os lotes que receberem ofertas nessa modalidade iniciarão o leilão virtual a partir do maior lance registrado no sistema. Caso não haja, no momento do leilão virtual, lance superior, o lote será considerado arrematado pelo licitante responsável pelo maior pré-lance.   

As informações dos bens a serem leiloados, bem como os endereços dos locais de visitação, estão publicadas no 0034/2022. O calendário com os demais leilões agendados e número de veículos ofertados pode ser conferido no site do DetranRS, menu Veículos, Leilões.   

Alerta   

O DetranRS tem recebido regularmente relatos de golpes de falsos leilões realizados em sites utilizando a marca da Autarquia e o endereço de seus credenciados. Dessa forma, a Autarquia passa a reforçar o alerta e apontar os cuidados necessários para interessados em participar de leilões:   

1) Conferir no site oficial do DetranRS os próximos eventos > detran.rs.gov.br > menu Veículos > Leilões > Calendário de Leilões;   

2) Verificar nos editais do leilão todos os veículos disponíveis para compra em cada depósito credenciado, seus lances iniciais, o site do leiloeiro oficial e demais informações;   

3) Se possível, agendar uma visita ao depósito (CRD) onde está o veículo para verificar suas condições pessoalmente;   

4) Participar do leilão na data e horário agendados pelo DetranRS e divulgados no site oficial (detran.rs.gov.br);   

5) Caso seja atraído por um anúncio, desconfiar de sites de leiloeiros que não sejam hospedados no Brasil (sem o final “.br”);   

6) Pesquisar a empresa em sites de reclamação e/ou mídias sociais;   

7) Suspeitar de veículos que pareçam novos ou de concessionárias;   

8) Não fazer transferências bancárias. Nos leilões do DetranRS, o pagamento do valor de arremate se dá por meio de guia de arrecadação própria (GAD-L), quitada na rede bancária conveniada. Somente o valor da comissão do leiloeiro será conforme instruções do mesmo (detalhadas sempre no item 9.4 do Edital).   

Quem for vítima desse tipo de golpe deve comunicar o fato à Polícia Civil, por meio de um boletim de ocorrência. O registro pode ser feito presencialmente em uma Delegacia de Polícia ou preferencialmente pela internet, por meio da Delegacia Online. 

Secretaria da Segurança Pública