Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Polícia Civil inicia campanha do Outubro Rosa com várias atividades ao longo do mês

Publicação:

Grupo de policiais civis mulheres, entre as quais a chefe de Polícia, delegada Nadine Anflor, sentadas lado a lado em consultório onde uma médica vestindo jaleco branco fala sobre os cuidados preventivos contra o câncer de mama.
Chefe de Polícia, Nadine Anflor, delegadas e agentes da Polícia Civil realizaram mamografias preventivas - Foto: Polícia Civil / Divulgação
Por Leandro Adão e Nicoli Marazini / Ascom PC

Nesta sexta-feira (04), a Polícia Civil deu início a sua participação no Outubro Rosa, uma campanha anual realizada mundialmente durante este mês com a intenção de alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama e colo de útero. Um cerimônia realizada no final da manhã, no Palácio da Polícia, na Capital, marcou o início das atividades que serão desenvolvidas ao longo do mês.

Dentro da programação, na próxima terça-feira (15), das 14h às 17h, será realizado o primeiro crochetaço, um projeto voluntário voltado para o combate à violência contra grupos vulneráveis e prevenção ao câncer de mama. Para a atividade, haverá pontos de coleta de novelos de lã no Palácio da Polícia.

Ainda no dia 15, no mesmo horário, serviços de atendimento médico com ginecologista, auriculoterapia com fisioterapeutas, e orientação nutricional com foco em prevenção de doenças serão disponibilizados para servidoras da Polícia Civil na policlínica da instituição. Também estão previstas atividades como workshop de automaquiagem. Para celebrar o mês, o prédio do Palácio da Polícia, na Avenida Ipiranga, em Porto Alegre, recebeu ilumina especial com a cor rosa que se destaca na paisagem durante à noite.

Mulher com a camiseta da Polícia Civil aponta com o dedo indicador para a fita rosa que simboliza a campanha Outubro Rosa, presa à camiseta com botton da instituição, ao lado do brasão.
Realização de exames preventivos e outros cuidados de saúde serão oferecidos às servidoras policiais - Foto: Polícia Civil/Divulgação
Na sexta-feira, após a cerimônia de abertura da campanha, foram mobilizadas delegadas e agentes para realizarem exames preventivos ao câncer de mama e de colo de útero. Os exames estão sendo realizados, em Porto Alegre, no Centro de Diagnóstico Médico por Imagem (Mediscan), empresa parceira da Polícia Civil. Atualmente, 38% do efetivo da instituição é de mulheres, demonstrando a importância da prevenção para as servidoras da Polícia Civil e mulheres em geral.

A instituição se junta à campanha para ressaltar a importância do olhar atento à prevenção da doença, além da perseverança na luta por direitos como atendimento médico e suporte emocional, para garantir um tratamento de qualidade às pacientes.

Secretaria da Segurança Pública