Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

BM empossa comandante do 6º BP Choque em Uruguaiana

Na mesma solenidade, foi formalizada a troca de comando do 1º BPAF

Publicação:

Cerimônia de posse do Comandante dentro de um galpão esportivo. Os integrantes estão nas posições designadas. Temos a presença de um palco onde se apresentam 7 pessoas, as outras pessoas estão na parte de baixo.
Agora, resta apenas a finalização dos preparativos da sede em Uruguaiana - Foto: Divulgação/BM

A Brigada Militar concretizou nesta segunda-feira (19/7) mais um passo importante do planejamento do RS Seguro para fortalecer o combate à criminalidade em todas as regiões do Estado. Em cerimônia realizada em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, o major Otemar Maia Bianchini tomou oficialmente posse como primeiro comandante do 6º Batalhão de Polícia de Choque (6° BP Chq), unidade de elite em implantação no município.

Integrantes do 6º batalhão de choque da Brigada Militar, dentro de galpão esportivo, fardados e de pé. Alguns com as mãos cruzadas e outros com armas. Na sua frente, os escudos pretos utilizados.
A criação do 6° BP Chq e do CPChq foi anunciada em dezembro do ano passado - Foto: Divulgação/BM

O ato foi conduzido pelo subcomandante-geral da BM, coronel Cláudio dos Santos Feoli, e pelo comandante do Comando de Policiamento de Choque (CPChq), coronel André Ilha Feliú. A criação do 6° BP Chq e do CPChq, que coordena o novo batalhão juntos dos outros cinco já existentes, foi anunciada em dezembro do ano passado, dentro da estratégia de aproveitamento dos 860 policiais militares formados naquele mês, com priorização de unidades de maior impacto regional.

Na cerimônia desta segunda-feira, ainda foi efetivada a troca de comando do 1° Batalhão de Polícia de Área de Fronteira (1° BPAF). O tenente-coronel Antônio Felipe Zinga Júnior passou o cargo ao tenente-coronel Ives Claudio Pacheco, em ato presidido pelo comandante do Comando Regional de Policiamento Ostensivo Fronteira-Oeste (CRPO-FO), tenente-coronel Márcio José Rosa da Luz.

Força especial em todo o RS

O 6º BPChq qualificar a estratégia de pronta-resposta, com cobertura do policiamento de choque em toda a faixa da fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai e a Argentina. A estrutura irá auxiliar na intensificação de operações policiais especializadas para o combate às organizações criminosas que operam de forma transnacional, em atividades ilegais como tráfico de drogas e contrabando de armamento e mercadorias. Também irá representar um reforço importante para a repressão de crimes rurais típicos da região, como o abigeato e o furto de maquinários e insumos agrícolas.

Card ilustrativo com o mapa do RS e a localização dos seis batalhões de choque.
Com a nova unidade, as operações dos seis batalhões poderão cobrir todas as áreas do Estado com maior agilidade e eficácia - Foto: Divulgação/BM

A posição do 6º BPChq também fortalece a capilaridade da atuação das tropas de pronto-emprego, com alto nível de treinamento para execução de tarefas de restauração da ordem pública, controle de distúrbios e, principalmente, ocorrências de grande proporção. 

Com a nova unidade, as operações das seis tropas especializadas poderão cobrir todas as áreas do Estado com maior agilidade e mais eficácia – a estimativa é conseguir realizar deslocamentos para qualquer ponto no RS em até uma hora e meia, aproximadamente.

Dois integrantes do 6º BM Chq, um em frente ao outro, prestando continência enquanto outros integrantes assistem.
Na cerimônia o major Otemar Maia Bianchini tomou oficialmente posse como primeiro comandante do 6ºBP Chq - Foto: Divulgação/BM

A partir da posse do comandante, major Bianchini, o 6° BPChq fica mais próximo de sua inauguração. Antes, o efetivo que irá compor a unidade concluiu treinamentos para habilitar os PMs na doutrina e nas técnicas especializadas padrão para as atividades desenvolvidas por esse tipo de Batalhão. Agora, resta apenas a finalização dos preparativos da sede em Uruguaiana, em área situada no bairro Rui Ramos, onde funcionou por muitos anos o Centro Social Urbano Hermeto Bermúdez (CSU) e, após, o Centro de Atenção e Centro de Acolhimento para Crianças e Adolescentes de Uruguaiana (CACAU).

Também participaram da cerimônia desta segunda-feira o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes, e o prefeito de Uruguaiana, Ronnie Mello.

Texto: Ascom 1° BPAF e Carlos Ismael Moreira

Secretaria da Segurança Pública